Em busca de menos

Li um artigo interessante, e devo dizer quer concordo com o racioncínio, de que muito sucesso leva, invariavalmente, ao fracasso.

Greg McKeown, do Harvard Business Review, explica o motivo de pessoas bem sucedidadas não se tornarem extremamente bem sucedidadas. A razão seria o “paradoxo da clareza”:

Why don’t successful people and organizations automatically become very successful? One important explanation is due to what I call “the clarity paradox,” which can be summed up in four predictable phases:

Phase 1: When we really have clarity of purpose, it leads to success. 
Phase 2: When we have success, it leads to more options and opportunities. 
Phase 3: When we have increased options and opportunities, it leads to diffused efforts. 
Phase 4: Diffused efforts undermine the very clarity that led to our success in the first place.

Curiously, and overstating the point in order to make it, success is a catalyst for failure.

Diria que este tal paradoxo é seguido à regra pela Apple, incurtido na companhia pelo Steve Jobs que sempre se gabava da habilidade de falar mais “não”  do que “sim” e travar o lançamento de produtos/idéias que não fossem, pelo menos, perfeitos. No All Things D de 2004, quando perguntado sobre o PDA da Apple (antes de imaginarmos o iPhone, mas que, certamente, estava sendo desenvolvido na época), Steve Jobs falou:

“I’m as proud of the products that we have not done as I am of the products we have done.”

Tim Cook se expressou de maneira similar, o que nos convence que o foco em menos é uma filosofia da companhia e não apenas discurso:

“We say no to good ideas every day; we say no to great ideas; to keep the number of things we focus on small in number.”

Sempre me levei por este lema, tanto que hoje em dia tento me focar no trabalho em poquíssimas tarefas por vez (sempre moniorado por uma lista de prioridades, é claro).

 

 

 

 

Fala aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s